RDC: investir o 13º pode ser descomplicado

Compartilhe

Vamos falar sobre o RDC, que significa Recibo de Depósito Cooperativo, ele é um investimento simples de entender e não precisa muito para começar.

Imagine que você está organizando uma viagem muito especial, que sempre fez parte dos seus sonhos. Para isso, você pretende juntar uma boa quantia em dinheiro para suas despesas e logo terá em mãos o seu 13º. Sabe-se que os preços dos bens de consumo e serviços sobem de ano para ano e a poupança ainda não consegue vencer a inflação.

Nesta ocasião, surge a pergunta: Como investir o décimo terceiro e ainda obter rendimentos mais eficientes contra a inflação?

Diante disso, se dissermos que como cooperado CrediSIS, existe um tipo de investimento de renda fixa que possui um bom rendimento para seu 13º, o que acharia? Além disso, essa aplicação rende bem mais que a poupança e você pode resgatá-la quando quiser. Esse investimento é o RDC, e será sobre ele que detalharemos nos próximos tópicos.

Leia também: Quanto do meu salário eu devo investir?

Saiba o que é e como funciona o RDC?

O RDC é uma aplicação de renda fixa muito semelhante ao Certificado de Depósito Bancário (CDB) que os bancos oferecem, ele rende de acordo com o Certificado de Depósito Interbancário (CDI), e por isso possui rentabilidade diária, baixo risco e excelente liquidez.

Quando você investe em RDC, está emprestando seu dinheiro para a cooperativa, que por sua vez, utiliza para diversas operações aos cooperados: como o crédito.

Então para cooperados que preferem aplicar seu capital com mais segurança e boa rentabilidade, o RDC é uma ótima opção. Além do mais, ele se tornou muito atrativo para esse perfil, pois trata-se de um rendimento pós-fixado e sem carência. Isso significa que, seu dinheiro nunca perderá valor nem deixará render menos que o CDI, o indexador ao qual está diretamente vinculado.

Por final, você pode resgatar o investimento a qualquer momento que quiser. Entretanto, realizando o resgate antes de 30 dias, cobra-se o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de acordo com a tabela estabelecida por dias. Ademais, para esse tipo de investimento, desconta-se o Imposto de Renda (IR), somente, do rendimento.

No texto a seguir, explicaremos melhor sobre renda fixa e quais são os motivos para você investir nesta modalidade, isso mudará a sua perspectiva.

Você pode gostar de ler: Crédito para 13º: Compromisso em dia e investimento garantido

Motivos para investir nesta Renda Fixa

O RDC é um investimento de renda fixa, em que o rendimento é pós-fixado, indexado ao CDI, que acompanha os movimentos da Selic. Então, por causa do CDI, temos ótimos motivos para você investir seu décimo, pois além da Selic tender a cair até fim do ano que vem para taxas expressivas, confira abaixo mais vantagens:

É flexível: ele dispõe de diversos prazos para aplicação, isso o faz se encaixar em diversos perfis de investidores.

Carência variável: ele possui prazos de carência adequados com seus objetivos, pois o rendimento é diário, porém se retirar antes de 30 dias, cobrará o IOF conforme uma tabela de juros existente.

Bom rendimento: o RDC é muito bem visto pelos investidores mais simples que querem juntar dinheiro para realizar algum plano, pois seu rendimento é bem maior que a poupança.

Aumenta sua participação na cooperativa: como cooperado você já recebe parte das sobras (lucros) conforme suas movimentações, mas quando você investe em RDC, ou seja, empresta para a cooperativa, isso faz a sua participação nas sobras aumentar.

Desenvolvimento da comunidade: através de investimentos assim, sua cooperativa tem a oportunidade de crescer e colaborar cada vez mais com o desenvolvimento econômico da sua comunidade, promovendo mais emprego, prosperidade e qualidade de vida para as pessoas.

Segurança: investir no RDC é muito seguro, isso porque o Sistema CrediSIS possui a certificação do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), que ampara os investimentos e depósitos que os cooperados fazem. Para saber mais sobre toda essa segurança proporcionada por esse órgão, não deixe de ler o próximo texto.

Entenda qual é a importância do FGCoop para investir no RDC

Se você tem medo de abrir uma conta e investir nos produtos de uma cooperativa, neste caso, no RDC. Não há motivo para isso, assim como os bancos são assegurados pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC), as cooperativas filiadas ao Sistema CrediSIS tem o suporte do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), garantindo com proteção de até 250 mil investido por CPF ou CNPJ.

O FGCoop surgiu para que os sistemas cooperativos pudessem apresentar mais solidez e confiança aos seus cooperados. Dessa forma, os cooperados podem fazer seus investimentos de forma segura sem preocupação, aumentando sua participação nas sobras e colaborando para o desenvolvimento e prosperidade da comunidade. Quer saber mais sobre o FGCoop clique aqui.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Assine nossa newsletter para receber em seu e-mail os próximos posts e compartilhe no WhatsApp, Facebook ou LinkedIn.

Assine e receba conteúdo exclusivos no seu e-mail

Siga-nos nas redes sociais

Leia também